Data/hora atual: Dom Jul 22, 2018 3:21 pm

Exibir Perfil :: Zoé

Tudo sobre Zoé

Mensagens :
246
 
Família :
Administração
 
Dinheiro :
691
 
Localização :
Na sua casa :)
 
História :
nesse circo da vida, de palhaça já basta eu
{Nossa história começa com a farsa que foi todo o casamento da mãe de nossa protagonista, Freya Kolvenbach (que na realidade escondia seu verdadeiro nome e nacionalidade, se chamando Adriana Belmonte, brasileira). Ela estava completamente apaixonada pelo jovem Frank Hansen, e sabendo que era muito exigente com a questão de pureza, é claro que não colocaria nada a perder e jogaria todas as suas cartas. Assim casaram-se e veio a primeira filha, uma alegria imensa que aos sete anos da garota se transformou no pesadelo da mãe: Com um teste simples e longe do marido constatou que Victorie era um aborto, o que com certeza causaria a ira e desconfiança do cônjuge. A fim de evitar o fim do casamento sua melhor solução foi mandar Victorie para um internato e garantir a Frank que era uma escola bruxa tradicional e de excelência – mais uma grande mentira em seu relacionamento.

A farsa durou anos, mas aos quinze anos da menina e com chegada recente de uma nova filha do casal, Frank pediu demonstrações mágicas com as habilidades em feitiços da filha apenas para confirmar suas suspeitas, e no momento em que nada aconteceu, acusações terríveis foram dirigidas à mãe, dentre elas a desconfiança de que ambas as garotas não podiam ser filhas dele que descendia de tão grande e pura linhagem. Sem piedade nenhuma o homem literalmente as enxotou da rica mansão em que viviam, e como o contato da mulher com a família em que nasceu fora cortado, restou apenas se abrigar em um conjunto pobre de pessoas em Godrics’s Hollow. Elle tinha poucos meses e era cuidada pela irmã de quinze anos enquanto a mãe passava o dia fora lavando roupas e limpando casas para sustenta-las, e foi assim até que em dado momento Victorie começou a trabalhar e a mãe se viu muito doente. Incapaz de continuar com aquilo, Freya apenas apagou a memória da própria filha caçula e a deixou junto a uma carta sem sequer olhar para trás, com uma família que a acolheu e deu todo o amor do mundo junto com uma vida rica e confortável pois eram grandes amigos de Freya de tempos escolares. Na carta a mulher não deixou sequer o nome do bebê ou sua data de nascimento, mas em palavras rápidas explicara seus motivos e prometia voltar um dia para reencontrar a criança, motivo que fez Tyson e Katherine Blinkford não revelarem a verdade para a filha adotiva. Victorie que amava muito a irmã ficou extremamente irritada com a mãe, e após isto fugiu de casa sem nem olhar para trás. Sabendo destes detalhes podemos nos adiantar nove anos a frente, no dia em que Freya volta a bater na porta do casal, reencontrando a bebê que deixara na porta com apenas quatro anos de idade.

Neste meio tempo, Emily (seu nome escolhido pelos pais adotivos) teve uma infância alegre e relativamente normal como de qualquer criança bruxa. Os Blinkford prezavam pelo respeito á todas as raças e tipos sanguíneos, assim como gênero, classe ou demais opções. Estudou seu ensino infantil na própria Babbity a coelha sem nem saber que a mãe verdadeira morava há algumas quadras de distância. Foi nesta escola que conheceu Zoe Hansen e apesar dos atritos iniciais, nutriram uma amizade bela e forte que permanece até os dias atuais. Aos onze anos, foi enviada para Hogwarts e selecionada para a Grifinória, a alegria sendo maior ainda quando sua melhor amiga foi para a mesma casa. No início até que tentou ser uma aluna mediana e comportada, mas a convivência com Zoe Norwood e sua mais nova amiga Crystal a transformaram em um mini-demônio da tazmânia - dizendo isto nas palavras mais suaves possíveis. Os próprios pais adotivos até esqueceram-se por algum tempo da história de Freya e tudo o mais, mas a verdade acabou chegando aos seus treze anos com a própria mãe batendo na porta da mansão Blinkford e lhe revelando tudo.

Depois de descobrir toda a verdade sobre seu passado ela nunca mais foi a mesma. Não foi apenas seu nome que mudou para o de nascença (Elleonora), mas sua maneira de ver o mundo e estilo de vida foram completamente afetados, até mesmo seu desempenho escolar, já que mesmo com as bagunças ela pelo menos sempre manteve suas notas razoavelmente boas. Por semanas a jovem se afastou de tudo e todos próximos, inclusive indo morar com a recém-descoberta mãe – não por ingratidão aos seus pais do coração a quem amava muito, mas por querer saber cada detalhe que lhe fora escondido a vida toda. Infelizmente o tempo que passou com a mulher foi muito breve, pois a doença que ela tinha há anos progredia de forma muito severa a cada dia, e logo veio á óbito. Teve tempo ainda de revelar para o ex-marido em uma carta que Elleonora era uma bruxa excelente com azarações, fato que fez Frank voltar atrás e pegar novamente a guarda da filha rejeitada. Mesmo a contragosto Elleonora passou a morar com o pai aos seus quinze anos, e sempre fez de tudo para irritá-lo e contrariá-lo, desde repetir o ano duas vezes até incendiar objetos pessoais do mesmo. Elle nunca se viu como uma professora, trabalhando no ministério ou sendo uma boa medibruxa, apenas seguia seus estudos com o intenso desejo de acabar aquilo logo por ser uma obrigação imposta pelo pai. Como era menor de idade acabou acatando ao desejo do Sr. Hansen, mas completada a sua maioridade, não demorou um segundo sequer antes de decidir que seguiria seu rumo longe de Frank.

{ No começo, achou abrigo entre a família de sua melhor amiga Zoe, em seguida passou a ajudar limpando a casa de uma senhora em Hogsmead - não que gostasse de ser empregada, mas era o que atendia as suas necessidades e lhe dava pelo menos direito a ter um teto sobre sua cabeça. Trabalhando alguns meses para a senhora, conseguiu pagar o aluguel de uma casinha simples de poucos cômodos no mesmo vilarejo, fazendo diversos bicos até conseguir encontrar um emprego fixo e de melhor remuneração. Atualmente trancou sua matrícula em Hogwarts, tornou-se vendedora na Gemialidades Weasley (e jequiti nas horas vagas) , sobrevive de café e macarrão instantâneo com salsicha além de ser dona de seu próprio nariz.
mingicodes
 
Feminino
 
Estado Civil :
Viúvo
 
Data de inscrição :
30/06/2015
 
Emprego/lazer :
Cuidar da sua vida :)
 
Humor :
Chatear você :)
 
Zoé
avatar

Rank: Admin
Admin